EnglishFrenchPortugueseSpanish
igreja batista renascer

Notícias

“Poder de Deus” – Pastor Jonathas Queiroz

“Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego.
Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: “O justo viverá pela fé”’ (Romanos 1:16-17).

Irmãos, a declaração feita por Paulo nos versículos de Romanos é gloriosa, pois nos aponta que a salvação do pecador é mediante a fé, não em um objeto, mas na pessoa de Jesus Cristo. Foi inspirado nessa passagem que Martinho Lutero compreendeu qual era o caminho para a salvação no século XVI, o que deu origem à Reforma Protestante.

Nessa compreensão, Paulo não se envergonhava do Evangelho ou de crer no Senhor Jesus. Paulo era judeu, anteriormente foi perseguidor de todo aquele que cria, ele mesmo havia acreditado que Jesus era um falso profeta, seu objetivo de vida era eliminar os cristãos.

Até que, certo dia, de perseguidor passou a ser adorador. Por isso, quando afirma não se envergonhar do Evangelho, percebemos um sentido extraordinário nessas palavras.

Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego.”

A morte de cruz era considerada a pior das mortes, infligida aos piores desertores da lei. Mas Paulo, ao fazer essa afirmação, demonstra exatamente o contraste do que seria uma fraqueza. O Evangelho é, na verdade, a manifestação do poder de Deus, pois é por meio dele que o poder de Deus se manifesta da forma mais extraordinária e clara a nós.

“Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: “O justo viverá pela fé”.

Nesse trecho, Paulo está assumindo que a humanidade está perdida. Observamos ainda na declaração do Apóstolo que esse mesmo Evangelho que salva pecadores, também nos traz a mensagem de que Deus em seu infinito e grande amor por essa humanidade perdida enviou seu filho Jesus Cristo por nós. Aqui vemos a revelação do verdadeiro poder de Deus.

Salvação não se refere apenas a ida para o Céu, Jesus nos transforma hoje mesmo, e nos convida a testemunharmos essa transformação em nossas vidas e em nossos corações, todos os dias, como resultado do Evangelho que conhecemos.

Olhemos para a cruz: vemos um homem clamando e ainda que tenha por um instante se sentido abandonado, prosseguiu em seu sacrifício e levou sobre si todas as nossas iniquidades. Esse é o maior exemplo que temos da manifestação do poder de Deus.

Ele continua salvando pecadores!

Veja outros conteúdos

Compartilhe esse conteúdo!

WhatsApp
Facebook
Twitter